19 agosto 2008

As Raízes do Pensamento

Aguarela sobre papel, 30 x 40 cm, 2008

...
Não há machado que corte
a raíz ao pensamento
não há morte para o vento
não há morte.
Se ao morrer o coração
morresse a luz que lhe é querida
sem razão seria a vida 
sem razão.
Nada apaga a luz que vive
num amor num pensamento
porque é livre como o vento
porque é livre.

"Livre" - Carlos Oliveira/ Manuel Freire

1 comentário:

GINA disse...

Sabe-se lá de onde surgem...

Adoro o quadro, em especial os tons!

Um beijo