22 agosto 2008

Fernão Capelo Gaivota

Tinta da China (Art Pen) sobre papel, 40 x 30 cm, 2008

Ao verdadeiro Fernão Capelo Gaivota que vive em todos nós.

...
A maior parte das gaivotas não se querem incomodar a aprender mais que os rudimentos do voo, como ir à comida e voltar. Para a maior parte das gaivotas, o que importa não é saber voar, mas comer. Mas Fernão Capelo Gaivota não era um pássaro vulgar, para ele o importante não era comer, mas voar.

Richard Bach, in "Fernão Capelo Gaivota"

1 comentário:

GINA disse...

Vinha aqui todos os dias e todos os dias esperava por novidades, até que me disseste que andavas com muito trabalho e cansado.

Entretanto, também eu, cansada e um pouco afastada do 'mundo', deixei de vir aqui, até que me veio a lembrança da tua arte, sempre bela e magnificente!

É lindo este trecho de Richard Bach e a tua pintura ilustra, de uma forma, absolutamente fantástica, a intensidade e a beleza das suas palavras...

Um beijo e... é bom ter-te de volta! :)